terça-feira, 29 de maio de 2012

A ditadura síria acaba de assinar a sua sentença de morte

Foi preciso esperar muito, demasiado para os mais de 12 mil assassinados, dezenas de milhares de feridos e desalojados. Mas agora já nem a real politik consegue aguentar mais esta vergonha internacional. O massacre de Houla, na sexta-feira passada, foi a gota de água. Finalmente: «Kofi Annan: O que aconteceu em Houla “foi um acto repugnante, com consequências profundas”».
E ainda bem que algum europeu avança, após a recusa reiterada em aplicar as resoluções da ONU, é o mínimo de decência: «Hollande sublinha a possibilidade de intervenção militar na Síria após massacre».