quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Chegadas

Este ano, o Outono. Primeiro, a luz na praia a enfraquecer, o mar parado, depois da energia estival e antes das tormentas do Inverno. No dia seguinte, chuva forte. E logo as manhãs límpidas, a geada.
O cinema a chegar, ainda não ao circuito comercial, mas aos festivais. E, na Festa do Cinema Francês, Téchiné, Ma saison préférée.
Cineasta da minha juventude, intenso, carregado de subtilezas misteriosas e questões sexuais, mas também, vejo agora, o lado neurótico, os argumentos um tanto incongruentes e as personagens no limiar do patético. E porque não? Um autor que se coloca em causa.
Começos combinados do tempo e da natureza.
E agora, vamos ao Doc.

5 comments:

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Futebol em Geral:
Fut Na Mesa
http://www.futnamesa.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

André disse...

Credo, qd Sofia, Téchiné à mistura com bombeiros militares brasileiros!!! Lá se vão as subtilezas misteriosas... e as questões sexuais tomam uma dimensão quase "hard core".

Sofia Rodrigues disse...

Olha que não, qdo André. Sexo e bombeiros não deixam de combinar e o Fluminense quase que tem uma subtileza misteriosa.

sem-se-ver disse...

o maior disparate, que não consigo entender MESMO, é porque duas entidades decidem promover em datas simultaneas, na mesma cidade, eventos de cinema dedicados ao MESMO tipo de público.

não sei de quem é a culpa, mas é totalmente absurdo.

(nb - não vivo em lisboa, e MESMO assim impressiona-me)

Daniel Melo disse...

Também não percebo este tipo de sobreposições, embora no caso do Festival francês, ele se realize também noutras cidades que não Lisboa.