quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Muda o disco e toca o mesmo

Uma peculiar relação com a despesa pública: vós poupais, eu gasto, a imprensa amocha, a coisa passará incólume.

As ligações perigosas de Cavaco: um esclarecimento definitivo, se ainda fosse preciso, sobre a particular fixação de um político não-político numa coisa distante chamada BPN, e que se declina em compra-vende, 140% e vivenda BPN.

A ideologia de Cavaco: o lugar da mulher na vida pública é... na cozinha, e, vá lá, no larzito, a cuidar da prole numerosa...

4 comments:

jrd disse...

Excelente!

Um candidato acossado pode fugir de uma questão incómoda, mas não consegue escapar a um poste oportuno, nem se safa dos comentarios.

Já "publiquei" este link no bth.

Rogério Pereira disse...

Um bom exemplo é sempre um exemplo a seguir. Farei o que o jrd fez, com texto adequado...

Rogério Pereira disse...

Acabei de postar,
igualzinho,
para não errar...

http://conversavinagrada.blogspot.com/2011/01/clarear-o-futuro-comeca-com-actos-no.html

Daniel Melo disse...

Ainda bem que gostastes deste best of de tesourinhos deprimentes!
Ah, e fica muito bem como conversa avinagrada ;)