terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Em 2008, um banho turco para todos

Com um grande atraso - passei duas semanas em peregrinação - cá deixo os meus votos de um feliz ano de 2008 a todos os peões e leitores do peão. Não vejo melhor maneira de esconjurar os perigos que o futuro nos reserva do que começar o ano com um bom banho turco. Foi o que eu fiz. Falo de um banho turco a sério, num Hamman de Istanbul, às mãos implacáveis de um turco verdadeiro, de grande bigode e grande barriga, que ora te envia uma alguidarada de água quente pela cabeça abaixo, ora te dá instruções severas em inglês, a ti que és um pobre turista, ainda para mais portuga: "Sit!", "Change!" (que é como quem diz "vira-te ao contrário!"). E te dobra os músculos todos como se fosses um boneco, e te esfrega o crâneo vigorosamente com sabão, e no fim te diz: "Relax!".

Faz mesmo bem. Fiquei destressado para o ano todo. Recomendo a todos, e em particular ao Nicolas Sarkozy.