domingo, 27 de janeiro de 2008

O Peão visto pelos seus leitores

O Irmão Lúcia (agora também conhecido por Pedro Vieira) acha que aqui o Peão é "eclético". Eclético é bonito, é uma daquelas palavras que gosto muito, soa muito bem, mas nem sei exactamente o que é. Deixa cá ir ver à Wikipédia... Já voltei, diz que "ecletismo pode ser simplesmente a liberdade de escolha sobre aquilo que se julga melhor, sem se a apegação a uma determinada marca, estilo ou preconceito.", ou ainda "Abordagem filosófica que consiste na apropriação das melhores teses ou elementos dos diversos sistemas quando são conciliáveis, em vez de edificar um sistema novo.". Ou seja, em linguagem corrente há portanto vários sinónimos - mais ou menos figurativos - para eclético: manta de retalhos, salganhada, albergue espanhol, caldeirada, moche [em calão dos anos 90], amálgama, ou em francês coloquial [my personal favorite] joyeux bordel. É, na minha humilde opinião, dos maiores elogios ao Peão, se não o maior, que já se escreveu por essa blogosfera. Bem haja o Irmão Lúcia, ou Pedro Vieira, ou quem seja.

5 comments:

pedro vieira disse...

joyeux bordel é muito bom. mas eu juro que associei ecléctico à expressão sala de frutas, sobremesa pela qual me embeiço

Zèd disse...

Salada de frutas também é bom!

Shyznogud disse...

bordel por bordel, prefiro o "sacré bordel" ("porque será?" pergunta ela com ar seráfico.

Manolo Piriz disse...

Salve, Zèd.

Bem, então vai aqui uma receita de salada de frutas mais “apimentada” (ou mais “doce”, como queiram).


SANGRIA À PEÃO

Ingredientes (para 5 pessoas)

1 litro de vinho tinto suave (pode ser seco)
2 pêssegos frescos
1 laranja (com casca)
1 garrafa de água gaseificada (+ ou - 300 ml)
1 dose de rum (o rum pode ser substituído por aguardente de medronho - viu, Daniel! , brandy espanhol, conhaque, cachaça ou vodca)
1 xícara de açúcar.
Suco de um limão
Folhinhas de hortelã

Preparo - Lavar a laranja e corta-la em rodelas muito finas. Descascar os pêssegos e picar. Misturar o açúcar com as frutas em uma jarra de vidro. Colocar o destilado e deixar macerar por 5 minutos. Em seguida, colocar o vinho, a água, o suco do limão, mexer com uma colher e levar à geladeira por 2 horas. Servir com pedras de gelo e folhinhas de hortelã.

Zèd disse...

Olha, olha o Manolo está de volta! Mais eceltismo para a salada de frutas.

Sacré bordel também é fixe, e é perverso. Joyeux bordel é mais inocente (bordel e inocente, estão a ver?, a língua francesa é tão gira).