domingo, 6 de dezembro de 2009

E o menino gosta mais do papá ou da mamã? Tem que escolher, não pode gostar dos dois.

Segundo Rogério da Costa Pereira Liedson não percebeu que a selecção portuguesa não é um clube, não percebeu a escolha que fez, não percebeu que Portugal passou a ser o seu país, não percebeu que não pode estar dividido. A nacionalidade é portanto para ser gozada em regime de exclusividade, para adquirir o cidadania há que renegar o passado, não se pode amar dois países ao mesmo tempo, não se pode ter identidades misturadas. Jean-Marie Le Pen não diria pior.