domingo, 6 de dezembro de 2009

Quando Dickens brindava com vinho do Porto

O Sr. Tupman reiterou o seu desejo ardente de ir à festa; mas, não achando resposta nos olhos escurecidos do Sr. Snodgrass, nem no olhar absolutamente abstraído do Sr. Pickwick, concentrou-se com aplicação no vinho do Porto e na sobremesa que acabavam de chegar à mesa. O criado retirou-se, deixando o grupo apreciar aquele par de horas sossegadas que se sucedem ao jantar. [...]
Passaram o vinho e pediram mais. O convidado falava e os pickwickianos ouviam. O Sr. Tupman sentia cada vez mais vontade de ir ao baile. O semblante do Sr. Pickwick iluminava-se de uma expressão de filantropia universal; e o Sr. Winkle e o Sr. Snodgrass dormiam profundamente.
Lisboa, tinta-da-china, 2009, p. 52/3 (v.o. de 1837)


PS: livro da colecção Ricardo Araújo Pereira, que também o prefaciou e apresentou ao vivo e a cores!