segunda-feira, 6 de abril de 2009

Fidel pede fim do isolamento de Cuba

“Os quase 50 anos de embargo econômico contra Cuba colocam os Estados Unidos em contradição com a opinião do resto da América Latina, da União Européia e das Nações Unidas e solapam nossa mais ampla segurança e interesses políticos no Hemisfério Ocidental” (...) “ Se o presidente Barack Obama percorre o mundo afirmando, como o fez em seu próprio país, que resulta preciso investir as verbas que forem necessárias para sair da crise financeira, garantir as moradias em que vivem inumeráveis famílias, garantir o emprego aos trabalhadores norte-americanos que o estão perdendo aos milhões, colocar os serviços de saúde e uma educação de qualidade para todos os cidadãos; como isso pode ser conciliado com medidas de bloqueio para impor sua vontade a um país como Cuba? In “Reflexões de Fidel”, publicado em o Granma. Leia a íntegra aqui.

2 comments:

jrd disse...

Velho sábio, conhece os "timings" como poucos.

Manolo Piriz disse...

Claro, jrd.

O camarada em questão aprendeu muito nos mais de 40 anos que esteve (esteve?)no poder.