segunda-feira, 27 de abril de 2009

Já começou a 6.ª edição do Indie Lisboa!

Este ano há ainda mais para ver e novas propostas no Festival Internacional de Cinema Independente, em Lisboa.
Entre as novas propostas, realce para a homenagem ao cineasta Werner Herzog, para a Irlanda como país convidado e para o Indie Jr., pois a petizada também merece.
Aqui ficam alguns destaques na programação: ontem passou um documentário sobre a fadista Aldina Duarte; hoje, é a vez de Muitos dias tem o mês, de Margarida Leitão, sobre a crise económica vista por cidadãos comuns desempregados (às 21h45, cinema S. Jorge, sala 1; repete a 1/V, 21h15, cinema Londres, sala 2); na 5.ª feira (21h30), é a vez de Rien ne s'efface, de Laetitia Mikles, sobre a realizadora japonesa Naomi Kawase (repete a 2/V, às 16h, sempre no Museu do Oriente). O peão Victor é um dos grandes colaboradores do filme, por isso, parabéns e boa sorte!
O festival tem 6 extensões para fora de Lisboa, além do reforço das salas com projecção na capital.