sábado, 11 de abril de 2009

Páscoa, uma festa em celebração à vida e à liberdade

titulos pascoa Segundo alguns historiadores, uma “festa de passagem” era realizada há milhares de anos entre alguns povos europeus, para comemorar o final do inverno e início da primavera, quando o clima mais ameno oferecia maiores possibilidades de produção de alimentos e, portanto, de sobrevivência. Se para os pagãos essa transição climática era uma forma de celebração à vida, o mesmo pode-se dizer da Páscoa dos judeus e dos cristãos.

Para os judeus, a motivação para a comemoração é a liberdade. É quando o Povo de Israel lembra o Pessach (passagem): cerimônia religiosa e mística que celebra a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito, que conduzido por Moisés atravessa o Mar Vermelho em busca da “Terra Prometida”.

Já para os cristãos, a Páscoa representa a Ressurreição (o que não deixa de ser uma passagem do plano material para o espiritual) de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação, que teria ocorrido na mesma época do Pessach judaico. Como judeu, ele teria ido a Jerusalém para as comemorações do Êxodo. Etimologicamente, no português, como em muitas outras línguas, há quem afirme que palavra Páscoa origina-se de fato do hebraico Pessach. Seja como for, rito religioso ou pagão, a Páscoa é acima de tudo uma celebração à vida e à liberdade. Assim, desejo a todos os peões e a quem aqui vem uma feliz Páscoa.

Imagem retirada daqui.

5 comments:

Anónimo disse...

dobré velikonoce

jrd disse...

Glædelig Påske

Sofia Rodrigues disse...

Aleluia :-)

Manolo Piriz disse...

Gracias, Anónimo e jrd.

-------

Sofia, adorei o sorriso. Mas este "aleluia" parece-me ter duplo sentido ;)

Sofia Rodrigues disse...

Nada de duplos sentidos! Foi um Aleluia Pascal a um mail tão «santo».