quinta-feira, 25 de junho de 2009

Música europeia já tem pelo menos 35.000 anos

flautas Parece-me que viver há mais de 35.000 anos não era tão monótono assim como imaginamos. Ao que tudo indica, os primeiros homens modernos já se divertiam ao som de música tocada com instrumentos. É o que confirma um estudo publicado na revista Nature, que descreve flautas com mais de 35 mil anos, encontradas em cavernas na Alemanha. Os cientistas analisaram um exemplar quase completo, feito de osso de abutre, além de fragmentos de outras 3 flautas de marfim.

As flautas foram encontradas em um sítio arqueológico juntamente com outras evidências, as quais é possível concluir que os primeiros representantes do homem moderno na Europa eram também culturalmente modernos. Esta nova descoberta, feita por Nicholas Conard e equipe, comprova que os primeiros humanos modernos europeus já contavam com uma tradição musical bem acentuada. Outros vestígios musicais do Neandertal haviam sido sugeridos em estudos anteriores, mas faltavam evidências palpáveis. Mais.

(Aqui os sons emitidos pela flauta)