quinta-feira, 28 de maio de 2009

Cállate!

Literatura Mario Vargas Llosa luces e sombras O escritor peruano Mario Vargas Llosa foi detido ontem por mais de uma hora por funcionários de migração do aeroporto internacional da Venezuela, ao chegar ao país para participar de um fórum de intelectuais sobre liberdade e propriedade privada. O intelectual peruano disse que foi advertido de que não deveria opinar sobre assuntos políticos internos por ser um visitante estrangeiro. Mais.

4 comments:

Daniel Melo disse...

Lamentável. E um indício sério de que o poder a mais dá sempre mau resultado.

Manolo Piriz disse...

E como dá mau resultado, Daniel.

Quem esta a pagar por isso é o povo venezuelano. Com a queda do preço do petróleo no mercado internacional, a Venezuela está a enfrentar uma profunda crise econômica e de desabastecimento. O pior de tudo é que o governo não tem conseguido levantar financiamentos externos pra atenuar a questão. O pouco que consegue (da Rússia) está sendo investido em armamento. Enfim, vamos a ver como fica.

jrd disse...

Não gosto do homem e enquanto escritor é-me indiferente.
Todavia, reconheço que este episódio, mais do que incómodo, é preocupante.
Começa a ser dificil conservar algumas referências.
bfs

Manolo Piriz disse...

De fato, jrd.

O homem não é lá uma grande referência literária e é bem de direita, digamos. Mas não precisa ser intimidado dessa forma. Aliás, essa atitude venezuelana vem contra o que se pretende na América do Sul: união.