sábado, 30 de maio de 2009

Liberdade para a igualdade

Amanhã decorrerá o lançamento público do movimento pela igualdade no acesso ao casamento civil. A lista de subscritores é surpreendente não só pelo número como pela diversidade de pessoas pertencentes a diferentes áreas ideológicas e partidárias. Quando há umas semanas atrás me contactaram para subscrever o manifesto, estava longe de imaginar que este pudesse envolver tanta gente conhecida. É bom sinal! Mas proclamar simpatia pelo movimento não é difícil, a questão é saber quais as reais consequências políticas desta larga adesão. A ver vamos...