quinta-feira, 28 de maio de 2009

A rádio mais cosmopolita de Portugal

Mistura músicas urbanas de todo o lado e de todos os géneros. É eclética, heterogénea e assume-se como cosmopolita. Chama-se Groovalización web_radio e é mais do que uma rádio on line.
Tem um site com muita informação, artigos e antologias em suporte podcast de música miscigenada, mas não só.
Tem videoreportagens sobre bandas mesclando sons por emigrantes de distintas paragens radicados em Portugal. Aí surgem sonoridades caboverdianas e brasileiras, com os Duonde; africanas, étnica e reggae, com os Terrakota; ou italianas, com os Anonima Nuvolari, este, um  fabuloso grupo de emigrantes italianos radicados em Lisboa e que toca celetango, spaghetti swing e a mais humorada música popular italiana (vd. aqui).
E documentários como o No en Senegal, sobre uma outra África, por africanos, associações várias e cooperadores que, na adversidade, informam e criam oportunidades sustentadas para os seus, procurando evitar que muitos caiam na imigração ilegal e indigna para a Europa-fortaleza ou para os EUA.

5 comments:

Anónimo disse...

Graças a este post, caro Daniel, fiquei a saber - e já estou a partilhar - dos Anonima Nuvolari.

Fez-me pensar isto: abaixo a identidade nacional-nacionalinha. Só a identidade nacional de exportação pode nos livrar da identidade nacional.

obrigado.

André Belo

Daniel Melo disse...

Concordo contigo, André, é uma mudança pouco falada, mas ela está aí...
E há ainda um outro tipo de novas bandas, estas combinando portugueses com emigrantes brasileiros, italianos, etc., como os Kumpania Algazarra, os Óquestrada, etc., igualmente muito boas.
Ainda bem que o post já deu para contagiar, no bom sentido.
Conheci-os num concerto na ZDB, há um ano atrás. Mágico, com uma tela atrás, passando imagens a preto-e-branco de filmes com o Tótó, ele a comer macarrão, etc...

Um abraço,
Daniel.

epacheco disse...

Boa Daniel! Como é que descobres estas informações tão boas e tão escondidas? Estou a gostar do que estou a ouvir e já twitei.

Manolo Piriz disse...

Belíssima dica, Daniel.

De fato. É uma verdadeira salada de frutas rítmica. Vai já agora pro meus favoritos. Gracias.

Daniel Melo disse...

Epacheco e Manolo, ainda bem que também gostastes desta rádio.

Como é que a descobri? Olha, em pesquisas na Internet, quando se passa algum tempo no ciberespaço calha descobrir-se pérolas destas ;)