quinta-feira, 7 de maio de 2009

Sem a Bíblia, a cruz e “Deus humilde” o socialista Francisco Javier “Patxi” López começa a governar (com a direita, diga-se) o País Basco

Patxi López assumiu hoje a presidência do País Basco. A cerimônia histórica aconteceu em Gernika, onde o socialista prestou juramento pela primeira vez sem a presença dos tradicionais símbolos religiosos: a cruz e a Bíblia.

De fora também ficou a frase “perante Deus humilde”, que até então fazia parte dos juramentos dos “lehendakaris” (presidentes) anteriores. Colocando a sua mão sobre um exemplar do Estatuto Autonômico do País Basco e a Constituição Espanhola, Patxi deu um tom totalmente laico e monárquico à sua posse.

“Assumo o cargo de “lehendakari” do governo do País Basco (...) e prometo cumprir todas as obrigações de meu cargo, com lealdade à Coroa, ao Estatuto Autonômico de Gernika e às demais leis vigentes”. Foi com estas palavras, primeiro em basco e depois em castelhano, que Patxi López tomou posse, na Casa de Juntas de Gernika. Mais.


2 comments:

jrd disse...

Atenua um pouco mas não tira a nódoa.

Manolo Piriz disse...

É jrd. Sem a Biblia, mas com o católico PP sentado à mesa. Haja contradição!