quinta-feira, 21 de maio de 2009

Manifesta 2009, ou o desenvolvimento feito e visto pelo terceiro sector

Já está a decorrer a 7.ª MANIFesta- Assembleia, Feira e Festa do Desenvolvimento Local, organizada pela rede associativa ANIMAR, pela ADEPE e pela Câmara Municipal de Peniche. A cidade de Peniche acolhe o evento, que decorre até ao próximo domingo. O mote desta edição é «a inovação social na resposta à crise - contributos do desenvolvimento local e da economia solidária».
A MANIFesta de 2009 oferece um conjunto diversificado de iniciativas: conferências, seminários, tertúlias, mostra de projectos, exposições, artesanato, feiras várias, concertos, animação infantil, etc..
No final, uma assembleia dos parceiros da rede ANIMAR discutirá e aprovará as teses e declaração final do encontro (vd. programa aqui).
Um historial das edições anteriores pode ser visto aqui.
ADENDA: vários governantes estiveram presentes no evento, mas o único político que exortou o Estado a ter uma política continuada de parceria e apoio a projectos relevantes do terceiro sector foi Miguel Portas, eurodeputado do BE (vd. aqui). O PCP, que tem um conjunto de propostas para o associativismo, assestou baterias no comício de sábado em Lisboa, que reuniu c.80 mil pessoas. Os principais partidos de direita (PSD e CDS) nada disseram, o que se estranha mas confirma uma certa tendência dos partidos para valorizarem excessivamente o «Portugal sentado», ou seja, eles próprios...