domingo, 9 de março de 2008

E desta vez foi graças a quem?

Há quatro anos Zapatero ganhou as eleições gerais em Espanha depois dos trágicos atentados do 11 Março e do vergonhoso comportamento de Aznar. Não faltou quem à direita dissesse que não tinham sido Zapatero e o PSOE quem ganhou as eleições, mas a Al-Qaeda. Hoje os eleitores espanhóis votaram, e tinham a oportunidade de punir Zapatero se acaso se tivessem entretanto arrependido. Com quatro anos de governo de esquerda, posições fortes em questões 'ditas' fracturantes (o casamento homossexual, a memória do franquismo, etc...) Zapatero ganhou as eleições. Com a mesma participação eleitoral de 2004 o PSOE inclusivamente aumentou o número de deputados. Se não é mérito da Zapatero e da esquerda é de quem?

P.S. - Não que tenha muito interesse, e ainda não acabou, porque falta disputar ainda a segunda volta, mas hoje também houve eleições em França, as Municipais, e coisa não está a correr nada bem para a direita, especialmente para o partido do presidente Sarkozy.

4 comments:

Manolo Piriz disse...

zèd, só lamento a falta de êxito de outros partidos de esquerda. mas enfim, ZP, acredito eu, ainda é a melhor opção da esquerda européia.

max disse...

desta vez foi somente graças a Deus, por muito que custe ao poderoso cardeal Rouco Varela :)))

Igor disse...

Foi graças à Igreja. Os espanhóis não queriam o governo enfiado no confessionário.

Zèd disse...

Agradecemos portanto a Deus e à ICAR a ajudinha que deram a Zapatero e ao PSOE.